Se eu lhe disser que no próximo inverno vamos ter uma nova quarentena, mais uma “pandemia” em que a mortalidade é acima da esperança média de vida, talvez já esteja habituado, fique muito alarmado, mas não estranhe, afinal eram só quinze dias para achatar a curva e salvar os sistemas nacionais de doença.

E se lhe disser que os não “vacinados” vão ter de carregar corpos daqueles que foram “vacinados”, porque a logística existente não vai ter capacidade para retirar todos os corpos em tempo útil, antes de começarem a cheirar mal, você mais uma vez vai dizer que são teorias da conspiração. Normalmente não concordaria com previsões do fim do mundo, mas estamos s viver tempos excepcionais, essas previsões do fim dos tempos sempre pareceram exageradas, todos os cataclismos que se anunciaram, desde asteróides, mudanças do magnetismo da terra, pandemias, extraterrestes, o aquecimento global antropogénico, tudo isto foi falso.

Um padre em Roma também dá este alerta, Alexis Bugnolo, “muito provavelmente vamos ter de carregar corpos”. Ele não afirma isto num contexto escatológico, ele afirma tal como eu com base em declarações dos cientistas censurados.

Que fique bem claro, estas previsões não têm nada de religioso, se vem aí o apócalipse da bíblia, eu não sei, deixo isso a Deus, Ele saberá, eu sigo as leis que Deus deixou na natureza e estão vertidas na ciência, através da observação, uma determinada experiência das ciências exactas, porque das sociais isto não é válido, nas ciências sociais as variáveis são tantas que é impossível fazer experimentos fidedignos repetíveis, nas exactas constatamos que o resultado é sempre o mesmo, dentro de determinadas condições, pressão, temperatura, humidade…

Ninguém consegue prever com certezas as consequências das chamadas “vacinas”.
Daí que as aprovações de emergência nos USA, e as condicionais na Europa, sejam isso mesmo, não é crime comercializar, mas é um crime amoral injectar as pessoas com algo que não teve tempo de ser testado, é para isso que servem os testes, quando as pessoas dizem que as drogas covid estão aprovadas é tudo semântica e brincar com a vida alheia, a saúde alheia, é brincar com as palavras.
Concluindo, não sabemos quantos irão morrer no próximo inverno…eu também não sei.

Contudo, há aqui um pormenor que faz toda a diferença, o próprio inventor do mRNA, Malone, alerta para a mortalidade e chama atenção com bastantes argumentos.

Há também outros cientistas, demasiado grande o número para ignorar, estão em pânico, insistem em alertar, “parem com estes experimentos”.

E se eles tiverem razão, como até agora têm tido, já não se consegue esconder mais os coágulos, os efeitos adversos, as informações estão acessíveis a quem as quer ver, a quem não pretende enterrar a cabeça na areia.

Se você acompanha o meu canal no telegram, https://t.me/Farroupim_Blog eu sei que já não tem dúvidas, estas drogas são um veneno, se você acompanha este site, já tem dezenas de artigos com declarações de cientistas que não vejo ninguém refutar.

Parece certo que a mortalidade no próximo inverno será muito maior que o normal, vamos ter realmente uma pandemia(vacinas), os números oficiais já indicam isso, são factos, o próximo inverno você terá certeza absoluta de que algo se passa de anormal, o que os números até agora desmentiam sobre uma suposta pandemia, a ponto de população mundial em 2020 ter crescido, não diminuído.
A partir deste inverno haverá realmente algo de anormal, o próximo inverno será uma marco na história mundial, uma mortalidade assustadora, você vai conhecer muitas pessoas que terão falecido, não sei se chegaremos ao ponto de ver corpos na rua por colectar, mas uma mortalidade fora de todos os valores até agora decorridos, deste evento não tenho dúvidas, o primeiro trial das vacinas já decorreu, não foi é em animais, foi no ser humano.

A única dúvida que tenho, é se a população irá perceber de imediato que todas essas mortes serão de “vacinados”. Essa é a minha dúvida, vão ter o descernimento para pedir autópsias e constatar aquilo que vários cientistas afirmam? Um hiper reacção do sistema imunitário ao entrar em contacto com os vírus ou algo típico das doenças de inverno…

Os experimentos com mRNA nunca foram aprovados porque nunca passaram nos testes com animais, são vários os académicos que alertam, em dois anos todos os animais que foram subtidos à tecnologia mRNA morreram, será que com o ser humano, todos aqueles que tomaram estas “vacinas” irão morrer? Não sei, por isso é que precisamos de trials e de tempo para aprovar drogas, mas também podemos perguntar, porque a previsão destes cientistas estariam erradas se com animais não sobrou nenhum?

Será que vamos presenciar uma quantidade de pessoas que em vez de morreram ficam com doenças neurológicas, outros vivos mas problemas de saúde graves… O corpo humano tem os seus segredos, a ciência não é nada de confiar, a ciência erra constantemente e viver na dúvida, questionar permanentemente faz parte da ciência, o que não faz parte da ciência é silenciar e censurar estes cientistas, isso não é ciência, é um crime contra a humanidade porque está a validar, possivelmente milhões de mortos que se poderiam evitar.

Um dinamarquês de origem turca, afirmava há pouco para meu espanto, tudo aquilo que é repassado neste site e nos meus canais, ele não usa telegram, diz que toda a informação que tem é da turquia, e que por lá há centenas de médicos a alertar para se prepararem para um mortalidade assustadora no próximo inverno. Ele também dizia para estarmos preparados para apanhar corpos da rua. Para estarmos preparados psicologicamente, “as pessoas vão ter familiares mortos, desta vez não serão os mais velhos, desta vez o pânico, a revolta e a tristeza irá se apoderar, com mais medo, os mais fracos mentalmente perderão completamente a pouca racionalidade que lhes resta.”
Ele afirma que vamos ter mais uma quarentena, ele é alguém muito bem conectado com o governo, e eu garanto, na dinamarca falar em próxima quarentena e fecho é algo impensável nas actuais circunstâncias.

Eu não quero acreditar, numa possibilida dessas, seria algo ainda mais monstruoso do que aquilo que já presenciamos, peço a Deus que não permita. Os efeitos secundários das vacinas já são um crime, mortos e doentes crónicos, e a consequência das quarentenas/máscras são sobejamente conhecidas, cancros por descobrir, e danos graves psicológicos na população, além da miséria que longo prazo trará outros problemas de saúde que agora ainda não são visíveis.

Vou nutrir este artigo aos poucos de todas os alertas anunciados pela parte censurada da ciência, tenho muita informação dispersa, irei carregar regularmente, a espaço, esses dados/fontes.

Mais uma vez venho alertar que o vírus não foi solado e que consequentemente os testes baseados em “casos” e as supostas infecções, são fantasia, o vírus foi isolado virtualmente, ou seja, em computador, não foi fisicamente para que se possa fazer experiências reais e fazer prova de como reaje, infectar animais e constatar a doença. Isto é algo que você e eu sem ser biologo molecular pode entender conceptualmente.

https://www.fda.gov/media/134922/download
https://andrewkaufmanmd.com/videos/

https://archive.org/details/httpsfarroupim.commorte-anunciada_202106
https://archive.org/details/httpsfarroupim.commorte-anunciada_20210630

https://archive.org/details/httpsfarroupim.commorte-anunciada_20210630_2135
https://archive.org/details/httpsfarroupim.commorte-anunciada_20210630_2138

https://rumble.com/vderzj-dr.-bhakdi-sucharit-covid-19-mrna-vaccine-as-unethical-as-the-nazis-human-e.html
https://rumble.com/veptxh-bhakdi-writes-an-open-letter-to-the-ema-and-warns-from-deadly-side-effects-.html
https://rumble.com/vgk7q9-dr-sucharit-bhakdi-vaccines-will-decimate-the-world.html
https://rumble.com/vgu43t-new-american.-sen.editor-alex-newman-interviews-dr.-bhakdi.html

https://www.sciencedirect.com/science/article/pii/S1201971221003647

Farroupim Dom Fuas Roupinho


Acompanhe-nos no Telegram https://t.me/Farroupim_Blog

Nós não somos aficionados pela fundação Bill e Melinda Gates, não recebemos nenhuma ajuda da Fundação Rockefeller, Ford, ou da família Oppenheimer, não somos patrocinados por nenhum grupo ou partido político, não conhecemos George Soros, não possuímos tempo ilimitado, temos de trabalhar e ganhar o nosso sustento, a informação tem custos, livros, comunicação, dados, etc. Também não recebemos nenhum subvenção do estado.

Por favor ajude.

Bitcoin: bc1qhft2res6nwl74kflm95htds2tg7dtw8mcmve70