O nosso director nacional da PSP Magina da Silva tem uma farda quase igual à da GESTAPO, também é maçom o que me parece uma incompatibilidade gritante, uma bestialidade que se permite, não sei que valores humanos ensinam nas lojas, mas pela amostra estão invertidos.

Também parece que o Magina está disposto a cumprir ordens cegamente e orgulha-se disso, no dia em que chegar a Nuremberg II vai dizer o que disseram os outros? “eu só estava cumprir ordens”, claro, mesmo que essas ordens sejam todas ilegais, anticonstitucionais, desumanas, imorais, crimes contra a humanidade, contra os direitos mais básicos do ser humano, eu sinceramente não concebo que seja possível desconhecer os direitos de um ser humano e chegar a director nacional da PSP, que está uma autêntica GESTAPO com o Magina a copiar os métodos de Heinrich Himmler.

Não há pessoas impuras e puras, não se pode catalogar pessoas de impuras, quando nem a ciência sabe como se dão contágios, isso de meter pessoas com crachás da estrela de david era coisa da GESTAPO, e que o Magina pretende imitar, ele desconhece que já se tentou o mesmo e que não foi bonito, ele desconhece as atrocidades cometidas pelo regime nazi, a eugenia nazi com actos médicos sem permissão do ser humano….não me parece que desconheça, não pode sequer ser uma possibilidade.

É ultrajante, sob qualquer pretexto, proibir movimentos a pessoas, de sentarem em bancos de jardins, de irem á praia, de irem à missa, ou impor artefactos na cara de indivíduos, é uma perda de indentidade que nem sequer se coadugna com a ciência, não há evidência alguma em como máscaras evitem propagação de doenças respiratórias, muito pelo contrário, máscaras são depósitos de bactérias que provocam pneumonia, é criminoso proibir indivíduos de se deslocarem ou de juntarem em suas casas, é uma sacanice imperdoável para o Magina, mesmo que o parlamento tenha aprovado uma lei, o Magina deve ser o primeiro a não cumprir leis que atentam contra o povo, e alertar os seus subdítos para que não cumpram ordens de tiranos.

Jamais em caso algum se deve proibir os povos de trabalhar e ganhar o seu sustento, fechar os seus negócios, proibir humanos de meter comer na mesa da sua família é algo intragável, só um criminoso tem essa frieza.
Ou o Magina tem um défice cognitivo ou moral para andar a fazer operações stop nas estradas e a multar o povo que apenas pretende sobreviver, o povo é quem paga o salário do Magina.

Nunca em tempo algum se deve obrigar ou chantegear um ser humano a fazer testes médicos, actos médicos, testes em pessoas saudáveis são actos médicos que só devem ser realizados na presença de um médico e quando o paciente o solicite, com a sua autorização, pactuar com isto deve ser crime que o Magina tem obrigação de conhecer.

O Magina precisa de ir sentar em Nuremberg II, deve ser o primeiro a responder pela miséria, pela fome, pelos direitos sonegados e espezinhados pelos que deviam protegê-los.
A liberdade do senhor Magina é um conceito vazio, é totalitarismo. O lugar do Magina é na cadeia, com prisão perpétua.