Há muitas formas de observar o mundo, a vida, há ou não vida para além da morte, temos alma e corpo etéreo, como explicar os fenómenos de bilocação, os milagres de corpos incorruptíveis na Igreja católica?
As religiões são o as instituições que nos ajudam a compreender, e tentar de certa forma direcionar os seus fiéis para essa cosmovisão defendida por cada religião. E nos ajudam como devemos proceder perante os desafios do dia-à-dia.
A religião católica tem sido o tronco da humanidade, ela tem tido a cosmovisão dominante sobre estas questões do firmamento. Mas isso está prestes a acabar. O povo abandona as igrejas, na Europa as mesmas são vendidas para alojar hotéis, casas de alterne, etc

Quando aterrei em Portugal para as férias de natal tinha um livro à minha espera- Uma Singular Escola Ibérica: De Salamanca a Coimbra e Évora do Prof. José Manuel Moreira e André Azevedo Alves. Neste pequenino Livro que aborda a escolástica, ou a chamada Escola de Salamanca.

Citando a nota introdutória do livro:

“A Escola de Salamanca é uma movimento intelectual que surge na Europa no século XVI, sendo considerado um marco da sua inauguração a predominância da Summa Theologiae de S. Tomás no currículo universitário e a estadia de Vitória em Salamanca como catedrático de Teologia.
Num período anterior à especialização de disciplinas como conhecemos hoje, não se deverá estranhar a amplitude de matérias tratadas pelos autores desta Escola, que vão desde a Teologia e se entendem a áreas como o Direito, a Política, a filosofia ou a Ciência Económica.
Como afirma Francisco Suarez no proémio ao seu Tratado das Leis, “a ninguém deve supreender que os especialistas em teologia se dediquem a discutir leis”, uma vez que (…) o das leis cabe de tal forma no âmbito da Teologia que o teólogo não chega a esgotar a sua matéria se não se detiver a considerar as leis. E esclarece …É tarefa da Teologia preocupar-se com as consciências dos que caminham neste mundo; ora, a retidão das consciências reside na observação das leis, bem como a maldade na sua violação.(De Legibus, Proemium)
…No Livro que aqui se apresenta, os autores referem-se frequentemente à Escola de Salamanca como designando um conjunto de mestres e um pensamento que extravasa os limites da Universidade que lhe dá o nome…é possível associar nomes como Molina e Suarez, que viveram grande parte da sua carreira académica em Portugal, à Escola de Salamanca na medida em que também passaram por aquela universidade e deram seguimento à tradição desta Escola.”

Primeira pergunta para o leitor reflectir? Porque a maioria das pessoas desconhece tamanha contribuição desta escola, na reflexão escolástica ibérica, em que há um verdadeiro compromisso com exigências éticas e jurídicas na defesa da dignidade humana dos povos indígenas assente no princípio do personalismo, hoje consagrado na Doutrina Social da Igreja.

Segunda pergunta, porque o povo desconhece as leis económicas descobertas por autores desta escola que continuam imutáveis e mais actuais do que nunca?
Eu assisti ao lançamento do livro online, e fiz inclusivamente a pergunta “quem foi a instituição ou movimento que eclipsou esta Escola ao povo, foi a maçonaria, foi o estado?” O único nome que obtive numa resposta ambígua, foi o iluminismo…uma forma elegante de não nomear a maçonaria, foi a maçonaria que puxou a agenda, a Revolução Francesa foi obra da maçonaria que derreteu com a monarquia na europa, assassinando-a, instalou uma sociedade assente no estado, criando uma oligarquia pior que as monarquias absolutas, foram as ideias das lojas que implantaram os repúblicas.

Já aqui escrevi várias vezes como a maçonaria de forma secreta e ultimamente discreta, moldou a sociedade, subvertendo o mundo para uma cosmovisão assente no gnosticismo/antropocentrismo, à medida que a maçonaria se separou da igreja católica medieval, uma sociedade Teocentrista, As Lojas/Grémios eram instituições católicas com um capelão, com as Constituições de Anderson deixam de ser maçonaria operativa em que apenas participavam os trabalhadores das catedrais, para passar a especulativa, começando a aceitar os intelectuais, juristas, filósofos…Toda a produção intelectual daquela época foi sendo substituída e corrompida pela cosmovisão gnóstica da maçonaria, que dispensa Deus da equação.
Toda a produção Intelectual da Escola de Salamanca é simplesmente abandonada, censurada, a cosmovisão católica pressupõe que todos os homens são feitos à semelhança de Deus, e têm direitos naturais intrínsecos, independente da raça, cor, credo, estado de saúde, e são todos iguais perante a lei.

Na cosmovisão gnóstica da maçonaria nós que não pertencemos à maçonaria, somos profanos, eles são os iluminados. Nós somos seres humanos embrutecidos, por lapidar.

Positivismo Jurídico
Como chegámos aqui? Quando muitos teólogos acusam a maçonaria do relativismo e não querer aceitar o dogma, sendo que tudo é relativo, não havendo uma verdade, o relativismo e indiferencialismo se tornaram em dogmas, o que é uma contradição.
Assim o objectivo do direito deixou a ser a justiça.
A justiça faz referência necessariamente à verdade e passa a ser lei. Assim a obediência à lei positiva se converte em um grande mandamento da modernidade, a lei positiva que é obtida por consenso.

Não é por acaso que você houve Justin Trudeau dizendo “independente do facto de estarmos atacando os seus direitos fundamentais, ou limitando os seus direitos fundamentais, e a constituição diz que isso é errado, vamos continuar a fazê-lo, basicamente é uma saída que a maioria anula os direitos fundamentais de uma minoria”.

Repare como a esquerda global de uma assentada destrói os direitos das minorias que tanto tempo utilizou como bandeira política, isto só é possível com relativismo, uma verdade hoje passa a mentira no dia seguinte conforme as conveniêncis, a esquerda assim contradiz a sua própria propaganda do aborto “meu corpo minhas regras”, da eutanásia com o suposto o “direito” a pedir a morte, e dá razão aos verdadeiros libertários que não se cansam de afirmar que a democracia é a ditadura da maioria, e que aquilo que devemos defender são os direitos fundamentais do ser humano e a liberdade.

A lei positiva aquela é é obtida por consenso, a que legitima o ordenamento legal contemporâneo, diverge da norma suprema da moralidade, destrói os princípios morais naturais, não matarás. Para o indivíduo moderno, alheado dos principios da Escola de Salamanca, a lei é para obedecer mesmo quando ela mande matar. Ao mesmo tempo que rechaça o tiranicídio de Juan de Mariana, que advogava a quando do tirano suprime os direitos naturais, nós, não só o podemos matar, como é um dever moral. Hoje o povo não só não os mata, não os contesta, como ainda os idolatra.

Lamentavelmente no meio médico, seja através do aborto a maior matança da nossa era com 45 milhões de assassinatos todos os anos, ou das medidas covid, uma lei perigosa para a saúde dos indivíduos, é adoptada como norma, esquecendo a obrigação católica de desobedecer a esse tipo de leis, chegando ao ponto de os padres fecharem igrejas, impedirem fiéis de entrar sem máscaras mesmo que isso lhes prejudique a saúde, e até impedindo de entrar aqueles que não se se querem injectar com preparados experimentais. Chegando ao ponto de fazer demonstrações com Jesus Cristo na Cruz com máscaras penduradas na mesma.
Este é o mesmo tipo de clero que era capaz de enviar Jesus Cristo para a Cruz e até pedir-lhe um qualquer certificado de pureza.

Muitos católicos esqueceram o ensinamento de São Pedro ” deve-se obedecer primeiro a Deus e só depois aos homens”.

Não se esperava que corrupção moral chegasse a este ponto, uma igreja subjudada ao estado em vez de separada do estado, em que os padres são capazes de negar a entrada na Casa de Deus ao pseudo doente, não imagino o que fariam ao evidente leproso…isto contraria toda o edifício moral do catolicismo e do Evangelho. Como foi possível chegar a este ponto?

Podemos concluir que ao substituir uma religião e infiltrando a igreja com estas pautas, há uma substituição de um conjunto de valores morais e éticos, a indústria farmacêutica e a medicina rockfeller consegue vender preparados sem que os mesmos cumpram os preceitos morais mais elementares. Repare que mais uma vez é apenas baseada nos grandes meios que se dá uma ideia geral de consenso. O consenso é o argumento para a tirania.

Repare que mesmo aqui na dinamarca o ministério da saúde é financiado pelas farmacêuticas, coisa que só descobri há dias, ou seja, supostamente aquelas instituições que foram fincanciadas pelos impostos e que deviam manter uma independência, não o são mais, daí que a decisão de fechar empresas, enfiar máscaras, e recomendar vacinas seja uma decisão política e não científica.
Quando as pessoas citam o CDC, o FDA, elas sabem que estas entidades não são independentes, no entanto, como são gente corrompida e com os novos mandamentos emanados da maçonaria global, sem nos avisar que já mudaram de religião e as regras a meio do jogo.

É caso para perguntar, para que se pagou os impostos e manteve as estas entidades reguladoras se elas são uma dependência das farmacacêuticas?

E isto não é um problema só do sistema e dos políticos, os políticos são o reflexo do povo, um povo vil e amoral não pode ter políticos/instituições sérias. A mudança tem de começar nas pessoas comuns e não nos políticos.

É para perpetuar estas negociatas que tantos advogam a necessidade de um estado, e agora de um estado global que não é eleito, não tem qualquer legitimidade e dizem que consultam a sociedade civil através das ONGs que são um braço financiado peloes mesmos que estão no poder através de instituições fachada, não admira que se permita centralizar as compras das vacinas, todas as compras passaram para UE sem consultar o povo, a UE após a pseudo-pandemia da gripe suína apoderou-se de mais soberania. Não é por acaso que a agenda socialista anda de braço dado com as farmacêuticas. O socialismo é caracterizado por centralização de poder e autoritarismo a uma faixa da população que assim se vê escravizada, quase sempre sem escrutínio.

O discurso político de hoje é um mantra de ódio aos que não pactuam com determinada agenda do conluio entre grandes conglomerados empresariais e poder político de Davos, todos a trabalhar em conjunto para substrair soberania ao povo e passar a mesma para os super-ricos. As empresas amam este arranjo, sem as compras de vacinas centralizadas não haveria este negócio gigante, é claro que a factura vai chegar com tumores, tuberculose e toxoplasmose em breve, mas estes são os novos valores e a nova étiva promovida, eugenia e lucro.

Já percebeu como é importante manter os padrões morais que advogam a dignidade humana de todos os individuos sem excepção de estado sanitário, cor, credo ou raça, e que os mesmos não devem ser trocados pelo mantra New Age relativista, gnóstico, pelo neo-paganismo panteísta?

Há umas horas uma senhora perguntava com assertividade porque viamos tantas notícas de extraterrestes, e como Olavo de Carvalho alertou para que nos próximos anos esperássemos muitas dessas mensagens na imprensa. Vou responder- Porque no pressuposto de haver extraterrestes podemos abolir Deus e a igreja católica de vez, e substituir os 10 mandamentos por outros novos da carta da terra, como afirmou Gorbachov.

Sabendo que encontrar vida fora da terra é uma impossibilidade matemática. No tempo de Carl Sagan a humanidade e os cosmágrafos pensavam que para encontar vida fora do nosso planeta bastava encontrar um que estivesse mais ou menos á distânicia que está o nosso planeta do sol, e que bastava ter água.
Ou seja, duas variáveis.

Mais tarde descobriram que também necessitavam de um planeta com o tamanho de júpiter que atraísse para ele todos os objectos que percorrem o espaço, caso contrário seria a terra a levar cacetada constantemente.

Mais tarde também descobriram que necessitava de ter uma lua como nós temos para poder haver vida.

Mais tarde descobriram um grande número para mensurar o campo gravítico da terra, só que basta mudar um desses números do tamanho de um comboio no final, para que volte a ser impossível a vida na terra.

A estas variáveis outras se juntaram ao ponto de a matemática decretar que era impossível haver vida para além do planeta azul. Daí que a maioria dos cientistas sejam crentes, eles próprios descobriram a Mão Divina, um livro não é a cores por acaso, é a cores porque alguém o fez assim, nada faz sentido na criação sem o Criador, esta perfeição que contemplamos ao anoitecer e ao amanhecer, as marés, as luas, nada foi obra do acaso.

Como vê a cosmovisão importa e muito.
Não deixe de ler os artigos complementares em baixo, eu ás vezes assumo que as pessoas já leram outros artigos que escrevi, e no caso de não ter entendido, deve ler os mesmos para poder compreender as minhas conclusões. São as minhas, baseadas no que li, no que consegui compreender e nas estímulos do meu ambiente, más ou boas não tenho outras.


Jacques Attali Grão-Mestre da maçonaria francesa promove a sua cosmovisão:

No livro de entrevistas de Salomon, Jacques Attali respondeu à pergunta: “É possível e desejável viver 120 anos?”. E a sua resposta foi: “Mas assim que passamos dos 60/65 anos, o homem vive mais tempo do que produz e então custa mais à sociedade”. Attali também defendeu a ideia de que, “do ponto de vista da sociedade, é preferível que a máquina humana pare abruptamente ao invés de se deteriorar gradualmente”.”


https://farroupim.com/new-age/

https://farroupim.com/climate-change-ecoterrorismo-global/

https://farroupim.com/eugenia-sob-o-disfarce-do-covid-19/

https://farroupim.com/a-manipulacao-das-massas/

https://farroupim.com/metamorfose-dos-ultimos-100-anos/




Farroupim Dom Fuas Roupinho


Acompanhe-nos no Telegram https://t.me/Farroupim_Blog

Nós não somos aficionados pela fundação Bill e Melinda Gates, não recebemos nenhuma ajuda da Fundação Rockefeller, Ford, ou da família Oppenheimer, não somos patrocinados por nenhum grupo ou partido político, não conhecemos George Soros, não possuímos tempo ilimitado, temos de trabalhar e ganhar o nosso sustento, a informação tem custos, livros, comunicação, dados, etc. Também não recebemos nenhum subvenção do estado.

Por favor ajude.

Bitcoin: bc1qhft2res6nwl74kflm95htds2tg7dtw8mcmve70